Este Espaço tem por objetivo compartilhar leituras, falar de encontros, educação, eco-feminismo, parto humanizado, cultura de paz, espiritualidade, dança... de movimentos que o Universo faz pelos quais nos encontramos.
Seja bem vindo, a entrada é franca e amiga... mas chegue com o coração aberto, senão, de nada vai adiantar estar aqui!

15 de fev de 2010

Casacos de pele são doados para aquecer animais selvagens em reabilitação


Boa notícia vem dos americanos dessa vez. Para quem pretende se livrar de casacos de pele, a Humane Society tem uma bela sugestão como reciclagem definitiva: colocá-los nas costas de outros animais. Funcionam como cama quentes para animais selvagens órfãos ou doentes.

As roupas de pele doadas para o programa “Cubs” auxiliam animais selvagens órfãos, feridos ou doentes que foram resgatados e precisam de cobertores para se manter aquecidos. Em 2009, 2.687 peles foram recolhidas pela iniciativa.
“Usamos as roupas de pele como caminhas para acomodar os animais e reduzir o estresse”, disse Michael Markarian, o chefe responsável de operações. “As peças substituem a mãe dos animais, mantendo-os confortáveis.”
As roupas são encaminhadas para centros de reabilitação de vida selvagem que acolhem filhotes de gambás, esquilos, coiotes e outros animais.

Markarian revelou que a maioria dos casacos é doada por pessoas que descobriram os horrores das peles, incluindo as condições desumanas de confinamento, exploração e morte torturante dos animais em fazendas de peles.”É uma maneira bondosa de devolver a pele aos animais”, comentou.
“É uma forma marcante e generosa de dar um bom fim a algo que começou de forma trágica. Conheço muitos jovens envolvidos no projeto,” disse Sherry Schlueter, diretora do Centro de Vida Selvagem da Flórida (Flórida Wildlife Center).
A entidade já havia usado casacos para bebês de vida selvagem no passado, mas os funcionários e voluntários tiveram sempre de pechinchar para doações, ou se puxarem em vendas de garagem e brechós. Depois de se tornar um afiliado da Humane Society em junho do ano passado, o centro tem três caixas cheias de peles e está bem abastecido para a estação.
Detalhe: os casacos grandes funcionam muito bem, mas bonés e chapéus são ainda melhores, segundo os ativistas, porque não é necessário cortá-los e já são arredondados como ninhos.

Fonte:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gentileza gera Gentileza

Se algum artigo neste blog estiver como "autoria desconhecida" e você souber informar, agradeço e farei a devida correção. Solicito também que ao extrair qualquer informação desta página seja adicionada à devida autoria ou endereço: http://pedagogiadoencontro.blogspot.com

Grata pelo Encontro.