Este Espaço tem por objetivo compartilhar leituras, falar de encontros, educação, eco-feminismo, parto humanizado, cultura de paz, espiritualidade, dança... de movimentos que o Universo faz pelos quais nos encontramos.
Seja bem vindo, a entrada é franca e amiga... mas chegue com o coração aberto, senão, de nada vai adiantar estar aqui!

25 de abr de 2010

Lua Cheia de abril 2010 - Festival de Wesak



LUA CHEIA DE TOURO – 28 ABRIL - QUARTA-FEIRA
2010

O céu é um livro que relata o processo de evolução da humanidade e, mesmo, o estimula – assim ensina Mestre Djwall Khull, o Tibetano.
Neste momento, o céu que se conecta com a Terra apresenta muitas conexões intensas, especialmente porque planetas irmãos do nosso, como Júpiter, Saturno, Urano, Netuno e Plutão, intensificam a força do primeiro raio – da Vontade Divina -, do segundo raio – da Sabedoria e da Iluminação – e do sétimo raio – da Transmutação, do Perdão, da Alquimia. Todos eles estão em estreita ligação com a natureza, ativando seus processos de purificação e harmonização – seja pelas águas, como Netuno; pela terra, como Saturno, pelo fogo, como Plutão; pelo ar, como Urano.

É essencial que todos os que estão em sintonia com a Luz e trabalhando pela firmeza da Consciência Ascensionada e Livre aproveite este profundo momento de celebração que é o Festival de Wesak , no dia 28 de abril, para aliar a força da Mente Iluminada de Deus , representada pelo Senhor Gautama, ao Amor de Deus – já ancorado no Festival da Páscoa e a ser renovado no Festival de Asala, no dia 27 de maio. Conectados à Mente e ao Coração de Deus, podemos nos harmonizar com a natureza e curá-la, num grande serviço de perdão, alquimia, harmonia. Então, estejamos em PRONTIDÃO!

O Festival de Wesak representa certas idéias muito bem definidas e claramente assinaladas, e o oferecimento de uma grande oportunidade. As idéias que representa poderiam enumerar-se como segue:

* Em primeiro lugar este Festival enlaça o passado com o presente como nenhum outro Festival, relacionado com qualquer das religiões mundiais, o fez. Representa uma verdade viva e uma oportunidade presente. Em seu mútuo serviço à raça, o Buda e o Cristo produzem este enlace. Também fundem Oriente e Ocidente e unem numa totalidade a tradição cristã, as crenças budistas e hindus e a aspiração de todos os crentes do mundo de hoje, ortodoxos e não ortodoxos. As distinções religiosas desaparecem.

* Em segundo lugar, este Festival assinala o momento de máxima bendição espiritual no mundo. É uma época de uma chegada inusual de vida e de estimulação espiritual e serve para vitaliza a aspiração de todos.

* Em terceiro lugar no momento do Festival e mediante o esforço unido do Cristo e do Buda, trabalhando na mais estreita colaboração, se abre um canal de comunicação entre a humanidade e Deus, pelo qual o amor e a sabedoria do Mesmo Deus podem descer para um mundo expectante e necessitado. Falando simbolicamente, e recordando que os símbolos sempre velam uma verdade, poderia afirmar-se que na época da Lua Cheia, é como se subitamente, se abrisse de par em par uma porta que em outros momentos permanecesse fechada. Através dessa porta os aspirantes e discípulos podem contatar energias que, de outra forma, não estariam facilmente acessíveis. Através dessa porta pode realizar-se uma aproximação à verdade e à realidade e Aqueles que guiam a humanidade que não é possível em outros momentos. Ele está a disposição de todos quantos se encontram em ambos os lados da porta e cada vez o estarão mais.

O Festival de Wesak forma um ponto de coesão para quem, em síntese e simbolicamente, se une em meditação e em pensamento reflexivo como representantes tanto do Reino de Deus como da humanidade. Estabelece uma solidariedade de fato entre as aproximações Orientais e Ocidentais para um entendimento superior porque tanto o Cristo como o Buda estão presentes e ativos durante este ciclo anual.

O Festival de Wesak é um Festival de Lua Cheia universal, ou planetário, para pessoas de todas as crenças. É um elevado ponto de inspiração para o trabalho do ano que vem. Todos podem cooperar na consciência neste fluxo singularmente disponível de energias espirituais. Todos podem participar na meditação e no esforço por expressar uma irmandade prática como forma de vida. O valor de semelhante serviço grupal unido, no alinhamento com o Cristo e o Buda e as Forças de Iluminação, é óbvio e inspirador. Mediante o emprego de mantras ou plegarias mundial, a Grande Invocação, as energias disponíveis podem invocar-se magneticamente e por-se literalmente ao alcance da consciência humana:


A Grande Invocação

Desde o ponto de Luz na Mente de Deus,
Que aflua luz às mentes dos homens.
Que a Luz desça à Terra.

Desde o ponto de Amor no Coração de Deus,
Que aflua amor aos corações dos homens.
Que o Cristo retorne à Terra.

Desde o centro onde a Vontade de Deus é conhecida,
Que o propósito guie as pequenas vontades dos homens -
O propósito que os Mestres conhecem e a que servem.

Desde o centro a que chamamos raça dos homens,
Que se cumpra o Plano de Amor e Luz,
E que se sele a porta onde mora o mal.

Que a Luz, o Amor e o Poder restabeleçam o Plano na Terra.


Junte-se àqueles que trabalham no serviço de 
divulgação e distribuição da Grande Invocação.


Fonte de pesquisa:
Unindo Corações
Sabiduria Arcana.org

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gentileza gera Gentileza

Se algum artigo neste blog estiver como "autoria desconhecida" e você souber informar, agradeço e farei a devida correção. Solicito também que ao extrair qualquer informação desta página seja adicionada à devida autoria ou endereço: http://pedagogiadoencontro.blogspot.com

Grata pelo Encontro.